SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Atriz se envolve em polêmica com nordestinos e usuários do Bolsa Família

Alexia era convidada do deputado Ricardo Izar Jr. (PSD-SP) e sua declaração gerou revolta principalmente nos deputados nordestinos que estavam na sessão

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/10/2016 16:32

Agência Estado

A atriz Alexia Dechamps se envolveu em polêmica na última terça-feira, 25, com demonstrações de preconceito. Durante uma audiência pública na Câmara dos Deputados, em Brasília, que debatia a proibição da vaquejada no País, a atriz disse: "Calem a boca que nós já pagamos o Bolsa Família de vocês."

Alexia era convidada do deputado Ricardo Izar Jr. (PSD-SP) e sua declaração gerou revolta principalmente nos deputados nordestinos que estavam na sessão.

Domingos Neto (PSD-CE) disse no microfone do plenário: "A convidada se virou para os vaqueiros que ali estavam e disse para que eles calassem a boca porque ela pagava o Bolsa Família do nordestino. Esse ato de preconceito não é apenas contra os vaqueiros, mas contra nós da bancada do Nordeste."

 

Leia mais em Política

 

O deputado Pedro Vilela (PSDB-AL) também falou sobre a frase da atriz. Ele postou uma foto e um vídeo no Instagram denunciando a fala dela. "Acabo de denunciar, em Plenário, o ato preconceituoso, que ao meu ver deve ser enquadrado como crime de racismo, cometido pela atriz Alexia Dechamps, durante audiência pública que debatia a regulamentação da vaquejada. Enquanto parlamentar e nordestino já estou tomando as medidas judiciais cabíveis. Exigimos punição exemplar a essa senhora e a qualquer outra pessoa que tenha comportamento semelhante", escreveu na legenda.

Na última quarta-feira, Alexia enviou um comunicado à imprensa no qual nega ter ofendido nordestinos em sua fala e repudia a atitude de Pedro Vilela. "O parlamentar, além de deturpar minhas palavras, me ofendeu, tentou humilhar e constranger, chegando a dirigir-se ao plenário da Câmara pedir que a Procuradoria da Casa me processe", falou.

Alexia ainda justificou sua fala: "Disse ainda que no Nordeste, de onde provinha a maior parte dos vaqueiros lá presentes, existem outras atividades como pesca, turismo e lavoura, além do Bolsa Família, que poderia amparar os mais necessitados. Lembrei que a região é que mais tem inscritos no programa do governo federal. Se o auxílio existe, sustentado pelos impostos que eu e todos os brasileiros pagamos, para socorrer pessoas sem renda suficiente, deve ser utilizado para casos extremos como o que discutíamos."

Para tentar se defender ainda mais, a atriz falou que vai processar Vilela.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade