SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Com quatro prisões, Polícia Federal deflagra nova etapa da Operação Ápia

A ordem judicial é do juiz federal Pedro Felipe de Oliveira Santos. Os alvos desta etapa são ligados à empresa CRT

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/10/2016 10:34


A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (28/10) nova etapa da Operação Ápia. Foi decretada a prisão preventiva de quatro investigados Janaína Aires Guimarães, Cid Hoffman, Jairo Arantes e Luciene da Silva Oliveira. São alvo da investigação da Ápia os ex-governadores do Tocantins Sandoval Cardoso (SD), preso desde 13 de outubro, e Siqueira Campos (PSDB).

A ordem judicial é do juiz federal Pedro Felipe de Oliveira Santos. Os alvos desta etapa são ligados à empresa CRT.

Leia mais notícias em Política


A Operação Ápia investiga direcionamento de licitações e fraudes em contratos de obras de rodovias no Tocantins, envolvendo pelo menos 7 empreiteiras que receberam R$ 1,2 bilhão do BNDES. O desvio pode alcançar entre R$ 200 milhões e R$ 250 milhões, estimam os investigadores.

As prisões da nova etapa da Ápia foram decretadas após análise da documentação apreendida na primeira fase. Os quatro investigados desta fase também foram alvo de busca e apreensão.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.