SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Cabral deixa residência no Leblon e é levado para a sede da PF no Rio

Delatores citaram o nome de Cabral e o relacionaram a recebimento de propinas milionárias

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/11/2016 07:40

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral, preso no início da manhã desta quinta-feira (17/11), pela Polícia Federal (PF) na nova fase da Lava-Jato, deixou por volta das 7h o prédio onde mora no Leblon, bairro da zona sul da capital fluminense, e segue para a sede da PF no Rio.

Cabral é investigado em duas operações - a Lava Jato e outra que tem como foco esquema de corrupção envolvendo a construtora Delta, do empresário Fernando Cavendish. Delatores citaram o nome de Cabral e o relacionaram a recebimento de propinas milionárias.

Leia mais notícias em Política

A PF batizou a operação de Calicute. O prejuízo estimado é superior a R$ 220 milhões. A apuração em curso identificou fortes indícios de cartelização de grandes obras executadas com recursos federais mediante o pagamento de propinas.

Por Agência Estado

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade