SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Teori vota por denúncia contra Eduardo da Fonte, mas decisão é adiada

Eduardo da Fonte é acusado de participar de negociações que resultaram no pagamento de R$ 10 milhões de propina ao então senador Sérgio Guerra

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/11/2016 08:24

O ministro Teori Zavascki, relator dos processos da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), votou nesta terça-feira, 22, pelo recebimento da denúncia por crime de corrupção passiva contra o deputado Eduardo da Fonte (PP-PE). O julgamento da Segunda Turma do STF, no entanto, foi suspenso após pedido de vista do ministro Dias Toffoli.

Em junho deste ano, a Procuradoria-Geral da República apresentou ao STF a denúncia contra Eduardo da Fonte. Ele é acusado de participar de negociações que resultaram no pagamento de R$ 10 milhões de propina ao então senador Sérgio Guerra (PSDB-PE), morto em 2014, para esvaziar uma CPI do Senado que investigava contratos da Petrobrás.


Por Agência Estado

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade