SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Pauta econômica não corre risco com saída de Geddel, diz Aloysio Nunes

O senador disse ainda que a saída de Geddel não atrapalha o andamento das pautas econômicas do governo.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/11/2016 12:32

O líder do governo no Senado, Aloysio Nunes (PSDB-SP) afirmou nesta sexta-feira, 25, que o agora ex-ministro-chefe da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima "contribuiu muito para o governo" enquanto esteve no cargo. O senador disse ainda que a saída de Geddel não atrapalha o andamento das pautas econômicas do governo.

"De modo algum pauta econômica corre risco (com saída de Geddel)", afirmou Nunes. "Com saída de Geddel, vamos focar no essencial", citou o senador tucano. Uma das principais propostas econômicas do governo, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do teto de gastos deve ser votada no Senado em primeiro turno no próximo dia 29.

O presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), que mais cedo defendeu a investigação do ex-ministro da Cultura Marcelo Calero por supostamente gravar uma conversa com o presidente Michel Temer, disse que "respeita" a decisão de Geddel. 

O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, também presente ao Congresso de prefeitos eleitos do PSDB realizado em Brasília, não quis fazer comentários sobre a polêmica envolvendo Geddel e Temer.

Por Agência Estado

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade