SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Temer: Não é improvável que mulheres tenham tempo de contribuição menor

O peemedebista disse que as mudanças na reforma da Previdência vão reduzir de R$ 800 bilhões para R$ 600 bilhões a economia prevista pelo governo em dez anos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/04/2017 22:03

O presidente Michel Temer (PMDB) admitiu nesta segunda-feira, 17, a possibilidade de as mulheres se aposentarem com tempo mínimo de contribuição menor do que o dos homens com as mudanças na reforma da Previdência negociadas pelo Executivo com o Congresso.

"Não é improvável", disse Temer em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar, do jornal SBT Brasil, quando questionado se as mulheres poderão se aposentar com menos anos de contribuição.

Durante a entrevista, o peemedebista disse que as mudanças na reforma da Previdência vão reduzir de R$ 800 bilhões para R$ 600 bilhões a economia prevista pelo governo em dez anos. O presidente defendeu, porém, as alterações na proposta para garantir sua viabilidade no Congresso. "É melhor reduzir em R$ 600 bilhões ou não fazer nada? É claro que é melhor reduzir o déficit em R$ 600 bilhões", comentou.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.