Temer diz que será enviada uma lei modificando aposentadorias de militares

Temer disse estar confiante de que a reforma da Previdência será aprovada pelos parlamentares após as mudanças feitas na proposta

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/04/2017 22:09

O presidente Michel Temer (PMDB) disse nesta segunda-feira, 17, que o projeto de lei com mudanças nas regras das aposentadorias de militares, não incluídos na reforma da Previdência, será encaminhado até maio ao Congresso. Em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar, do jornal SBT Brasil, o peemedebista afirmou que a matéria segue em elaboração pelo Executivo.

Temer disse estar confiante de que a reforma da Previdência será aprovada pelos parlamentares após as mudanças feitas na proposta Entre elas, destacou que o prazo de contribuição que permitirá acesso ao valor integral do benefício foi reduzido dos polêmicos 49 anos para 40 anos. "Acabou a história de ter que trabalhar 49 anos para poder se aposentar", afirmou o presidente.

Ele comentou que o relator da reforma percorreu todas as bancadas da Câmara para discutir o texto e trouxe "observações pertinentes". O presidente destacou, porém, que a "espinha dorsal" da reforma é a fixação dos 65 anos de idade mínima para que se tenha direito à aposentadoria. A ideia é que esse piso seja alcançado após um período de transição de 20 anos.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.