AGU pede aos ministérios balanço de prejuízos com protestos

Presidente Michel Temer determinou que a AGU levantasse os danos ao erário, após revogar o decreto que instituiu o uso das Forças Armadas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/05/2017 16:35 / atualizado em 25/05/2017 18:53

A Advocacia-Geral da União (AGU) solicitou aos ministérios um levantamento sobre os prejuízos causados durante as manifestações de ontem, quarta-feira (24/5), na Esplanada dos Ministérios. Segundo a AGU, o objetivo "é obter subsídios para o ajuizamento de uma ação que buscará reparação pelos danos ao patrimônio público".

A intenção do governo é responsabilizar os organizadores da passeata e demais agentes identificados pela polícia. Esse processo será aberto logo após a conclusão do envio de informações dos Ministérios que tiveram suas instalações danificadas. Não há informação do prazo para que os ministérios entreguem os levantamentos.

 
Na noite das manifestações, o Palácio do Planalto já havia pedido aos ministérios uma compilação das imagens de câmeras de segurança, que poderiam servir também para identificar os responsáveis.
 
O ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou em pronunciamento nesta quinta-feira (25/5) que a Polícia Federal será responsável pelas investigações para punir os culpados pelos atos de "vandalismo": "A desordem não será tolerada", disse.
 
Com informações da Agência Estado 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.