Moreira Franco diz não ter preocupação com perda de foro

Ministro disse, do ponto de vista pessoal, jamais pensou em ser ministro para ter foro privilegiado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 31/05/2017 16:01

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, disse que não está preocupado com o vencimento da Medida Provisória 768/2017 na sexta-feira (2/06). A matéria recriou a pasta que tinha sido extinta em agosto de 2016 pelo presidente Michel Temer. Com essa medida, Moreira, que chefiava Secretaria do Programa de Parceria de Investimentos, assumiu o ministério e obteve  status de foro privilegiado ao peemedebista, que é citado em delações dos executivos da Odebrecht, na Operação Lava-Jato.
 
 
“O governo não tem nenhuma preocupação com relação a essa MP. Já foi apresentada uma nova MP reorganizando toda a administração pública. E do ponto de vista pessoal, eu jamais pensei em ser ministro para ter foro privilegiado. Fui prefeito, fui governador, fui deputado federal várias vezes. Tenho uma história que permite dizer que esse problema não me atinge”, afirmou o ministro, nesta quarta-feira (31/05), após participar de evento em São Paulo voltado para investidores, o Brazil Investment Forum (BIF).
 
Ao ser questionado se era a favor do fim foro privilegiado, que é o tema da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 10/2013 tramitando atualmente no Senado Federal, Moreira evitou comentar o assunto, mas elogiou a iniciativa. “Não me cabe saber. Não sou deputado e não sou senador. Existe um projeto que está sendo votado e acho que ele tende a ser aprovado. E aí vamos ter o fim do foro para todo mundo, o que é positivo”, resumiu.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.