JBS confirma ação da PF e informa que ainda não há posição oficial

Esses ganhos ocorreram em operações feitas pela empresa antes da divulgação da gravação do empresário Joesley Batista com o presidente Michel Temer e da delação premiada dele, do irmão, Wesley Batista, e de executivos da JBS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/06/2017 12:07

A assessoria da JBS confirmou nesta sexta-feira (9/6), que equipes da Polícia Federal estão na sede da companhia, em São Paulo, mas que ainda não há qualquer informação ou mesmo uma posição oficial sobre a operação. Batizada de Tendão de Aquiles, a operação foi deflagrada nesta sexta e tem base em inquérito aberto no dia 19 de abril, a partir do Comunicado ao Mercado 02/2017 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que tornou pública a abertura de cinco processos administrativos para apuração de transações que teriam assegurado ao grupo ganhos milionários da JBS nos mercados de dólar e de ações. 

Esses ganhos ocorreram em operações feitas pela empresa antes da divulgação da gravação do empresário Joesley Batista com o presidente Michel Temer e da delação premiada dele, do irmão, Wesley Batista, e de executivos da JBS. 

A gravação e as delações trouxeram forte volatilidade no mercado da moeda americana e das ações da companhia.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.