STF decide transferir Andrea Neves e primo de Aécio para prisão domiciliar

A esposa do senador afastado e Frederico Neves estavam presos há pouco mais de um mês

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/06/2017 17:21 / atualizado em 20/06/2017 17:27

A primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, na tarde desta terça-feira (20/6), transferir Andrea e Frederico Neves, primos do senador Aécio Neves (PSDB-MG), para prisão domiciliar. A proposta foi feita pelo ministro Marco Aurélio Mello.
 
 
Mais cedo, os ministros já haviam determinado a prisão demociliar de Menderson de Souza Lima, assessor do senador Zezé Perrella (PDT-MG) acusado de ser um dos responsáveis por receber dinheiro do esquema de corrupção da JBS.
 
Este é o primeiro recurso analisado pela turma dentro do conjunto de ações envolvendo o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Esta prevista ainda para esta sessão a análise de recursos contra o afastamento de Aécio do Senado e um pedido de prisão do senador, feito pela Procuradoria-Geral da República.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.