Fachin encaminha para PGR processo que investiga Michel Temer

Denúncia pode ser apresentada até a próxima segunda-feira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/06/2017 18:49 / atualizado em 22/06/2017 19:42

Minervino Junior/CB/D.A Press
 
O ministro Edson Fachin encaminhou para Procuradoria-Geral da República cópia do processo que investiga o presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures com base nas delações feitas pelos executivos da JBS.
 

A PGR foi oficialmente notificada do recebimento desse processo e agora tem um prazo de cinco dias para apresentar a denúncia contra o presidente da República. Como a notificação foi feita antes de sexta-feira (23/6), o sábado e domingo contarão como dias úteis para esse prazo, que termina na segunda-feira (26/6).

A Polícia Federal, outro braço investigativo desse caso, ainda não concluiu a perícia nos áudios entregues pelo empresário Joesley Batista, o que dá a entender que a denúncia poderá vir mesmo com ausência do resultado da análise.
 
No início do mês, o advogado de Temer, Antônio Mariz de Oliveira, informou ao ministro Fachin que o presidente não iria responder às perguntas enviadas pela Polícia Federal como parte do inquérito. No mesmo dia, a defesa pediu o arquivamento do inquérito, mas a solicitação foi negada pelo Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.