Carlos Marun: Oposição não tem votos para aprovar denúncia contra Temer

O vice-líder do PMDB na Câmara dos Deputados garantiu que "não há nenhuma chance dessa história prosperar"

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/06/2017 16:01

O vice-lider do PMDB Carlos Marun (MS) garantiu que a oposição não tem os votos necessários para aprovar o pedido de denúncia contra o presidente Michel Temer. Para que o processo tenha andamento, são necessários 342 votos e ao governo, bastam apenas 172 para que o processo seja arquivado. "Não há nenhuma chance dessa história prosperar". 
 
 
Marun foi um dos líderes partidários convidados para o Palácio do Planalto para assistir o pronunciamento feito por Temer para defender-se das acusações de corrupção passiva apresentadas na noite de segunda (26/6), pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot. 
 
Segundo Marun, Temer, que se reuniu com os deputados pouco antes do pronunciamento, estava tranquilo e agradeceu a solidariedade do grande número de parlamentares que compareceram ao local. 

Para o deputado, o ideal seria que a CCJ devolvesse o processo para o Supremo por "absoluta inépsia. Mas, como eu acredito que não exise essa possibilidade, vamos derrubá-la no plenário da Casa".

Embora mantenha discurso otimista, Marun defendeu o direito dos partidos de substiuirem membros da CCJ como ocorreu no caso do Solidariedade, que trocou o deputado Major Olimpio (SP) pelo deputado Aúreo (RJ). Olímpio já havia adiantado que votaria a favor da continuidade do processo. 

"Se os partidos acreditam que um de seus parlamentares não estão cumprindo as diretrizes da legenda, tem todo o direito de promover a substituição", defendeu Marun. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Gutemberg
Gutemberg - 27 de Junho às 17:58
casa de imundos...ratos podres...não se preocupe as eleições estão aí o ano que vem para tirar vocês da "casa". Bandos de hipócritas...