Rodrigo Pacheco impede que Janot compareça à Câmara

Com o indeferimento, o cronograma de análise da denúncia está mantido

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/07/2017 18:55 / atualizado em 06/07/2017 19:26

O deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados, indeferiu todos os requerimentos para convocar envolvidos no inquérito que baseia a denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. 
 

Com essa decisão, ficam impedidos de comparecer à comissão o próprio Janot, os empresários Joesley e Wesley Batista, o ex-assessor de Michel Temer Rodrigo da Rocha Loures e outros nomes solicitados por membros da comissão. 

"A acusação é estrita e fala por meio da denúncia. A amplitude da defesa está prevista no regimento, a da acusação não está", esclareceu Pacheco em relação ao requerimento para convidar Janot à comissão. 

Quanto aos demais requerimentos, o parlamentar entendeu que, diferente de um processo de impeachment, não cabe à CCJ convocar testemunhas, mas apenas avaliar a denúncia. 


Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.