Governo nomeia aliado de Heráclito para Codevasf e desagrada ao 'centrão'

A nomeação de Avelino Rocha para a Codevasf desagrada ao PP, um dos partidos do chamado 'centrão' que tentam ganhar mais espaço no governo depois de ter apoiado Temer na denúncia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/08/2017 13:44

O Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (14/8), traz a nomeação de Antônio Avelino Rocha para o cargo de presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), vinculada ao Ministério da Integração Nacional. Avelino Rocha entra no lugar de Kenia Régia Anasenko Marcelino, exonerada nesta segunda e que era indicada do senador Antonio Carlos Valadares (SE), do PSB, partido que já desembarcou do governo, embora ainda detenha o Ministério de Minas e Energia.

Mesmo com mudança, o órgão segue - pelo menos por ora - sob a indicação do PSB: Avelino Rocha é aliado do deputado federal Heráclito Fortes (PSB-PI), que, segundo fontes, deve voltar para o DEM, partido do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ), peça-chave para fazer andar a Reforma da Previdência no Legislativo, como pretende o governo. 

A nomeação de Avelino Rocha para a Codevasf desagrada ao PP, um dos partidos do chamado 'centrão' que tentam ganhar mais espaço no governo depois de ter apoiado Temer na denúncia. A demanda do PP pela Codevasf foi levada ao Palácio do Planalto pelo próprio presidente da legenda, senador Ciro Nogueira (PI), que queria indicar um aliado. 

O órgão tem forte capilaridade política no Nordeste. O PP, que já comanda as pastas da Saúde e da Agricultura e a Caixa, alega que merecia uma compensação por ter sido um dos mais fiéis a Temer. Ciro Nogueira e Heráclito Fortes são adversários políticos no Piauí.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.