Comissão ouvirá Meirelles sobre alterações na meta fiscal

Na mesma reunião, a CAE aprovou o Projeto de Lei do Senado (PLS) 165/2015, que impede alterações da meta de superávit primário no segundo semestre. A matéria vai a plenário com urgência aprovada na comissão

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/08/2017 13:57

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou hoje (15/8) convite para que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, fale à comissão sobre os vetos à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e as alterações na meta fiscal de 2017 e 2018. A data ainda será marcada.


Na mesma reunião, a CAE aprovou o Projeto de Lei do Senado (PLS) 165/2015, que impede alterações da meta de superávit primário no segundo semestre. A matéria vai a plenário com urgência aprovada na comissão.

Meta


Após encontro com deputados da base governista e com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ficou acertado que a nova meta fiscal será anunciada nesta quarta-feira (16/8). A informação foi dada pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

 

Leia mais notícias em Política

 

A equipe econômica já adiantou que o volume atual de arrecadação não será suficiente para cumprir a meta definida originalmente de R$ 139 bilhões para este ano, e de R$ 129 bilhões para o ano que vem. Segundo Meirelles, esta será a primeira revisão da meta neste governo e o valor não deve chegar a R$ 170 bilhões, como previsto para o ano passado.

“Não há, no entanto, uma perspectiva, uma necessidade de se chegar a esses números de R$ 175, R$ 170 bilhões, mas não temos ainda um número definido”, explicou o ministro.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.