Eunício Oliveira pede que deputados impeçam a aprovação do distritão

Segundo ele, o distritão atrapalha também a eleição dos senadores, que estão desconfortáveis com a medida

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/08/2017 17:19 / atualizado em 16/08/2017 18:02

AFP / EVARISTO SA
O presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira (PMDB-CE), pediu que os deputados impeçam a aprovação do "distritão" na Casa. Segundo o senador, somente com o cancelamento do projeto ele dará a oportunidade de o fundo de campanha ser votado pelos senadores.
 
Eunício Oliveira já defendeu publicamente o voto distrital misto para 2018, o distritão atrapalha também a eleição dos senadores, que estão desconfortáveis com a medida. Por isso, ele tentou negociar com os parlamentares durante um encontro nesta semana.

Leia mais notícias em Política

A moeda de troca usada pelo senador foi o polêmico fundo de financiamento público de campanha. Na ocasião, ele teria dito que, caso os deputados não barrem o projeto, o Senado vai fazer de tudo para dificultar a aprovação do mesmo, que deve receber R$ 3,6 bilhões em anos eleitorais.
 
Embora os custos das campanhas políticas já tenham sido definidos, o que não se sabe ainda é de onde sairá o dinheiro. Segundo o relator do projeto, deputado Vicente Cândido (PT-SP), deverá ser criado um “fundo orçamentário” para resolver o problema.

Por meio da assessoria de imprensa, o presidente do Senado ressaltou que é a favor do sistema distrital misto e que não pressionaria a Câmara sobre a votação. Em relação ao fundo público de financiamento de campanha, Eunício acredita que o momento não é adequado. "Acho que o momento é muito difícil, de crise política, para fazermos o financiamento privado. Eu, particularmente, não tenho objeção ao financiamento privado, mas o momento não é oportuno para fazer o financiamento privado", afirmou o presidente do Senado na tarde de hoje.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.