Marcos Valério presta novo depoimento na PF em Belo Horizonte

A proposta de colaboração, que possui cerca de 60 anexos (cada um revelaria uma irregularidade) envolvendo políticos do PSDB e PT, foi recusada pelo Ministério Público

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/08/2017 13:27

O ex-empresário Marcos Valério Fernandes de Souza presta depoimento nesta sexta-feira (18/8), na Polícia Federal, em Belo Horizonte, dentro do processo de delação premiada que negociou com a corporação com informações sobre o mensalão mineiro. O termo ainda foi homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo delegado regional de combate ao crime organizado em Minas Gerais, Marcílio Miranda, Marcos Valério foi intimado a depor porque a corporação identificou, em serviço de inteligência, que pessoas citadas na delação estariam tentando cooptar testemunhas visando atrapalhar a colaboração.

Marcos Valério foi condenado a 37 anos de prisão por envolvimento no mensalão, e é réu no processo do mensalão mineiro. Como parte da proposta de delação, o ex-empresário, que cumpria pena na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, foi transferido para um estabelecimento prisional, a Associação de Proteção e Amparo ao Condenado (Apac), em Sete Lagoas, em 18 de julho.

A proposta de colaboração, que possui cerca de 60 anexos (cada um revelaria uma irregularidade) envolvendo políticos do PSDB e PT, foi recusada pelo Ministério Público.

Segundo o delegado, o depoimento desta sexta de Marcos Valério será enviado na segunda-feira, 21, ao STF para que seja anexado à delação feita pelo ex-empresário.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.