Parlamentares tentam tirar Eunício de Mesa e provocam confusão no Congresso

A confusão começou durante a votação de um veto do Planalto que estendia à área rural o cartão construção do governo federal

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/08/2017 20:14 / atualizado em 29/08/2017 20:25

Bernardo Bittar/Esp. CB/D.A Press

 
Durante Sessão do Congresso Nacional, realizada no plenário da Câmara na noite desta terça-feira (29/8), parlamentares invadiram a Mesa Diretora para retirar o presidente do Senado Federal, Eunício de Oliveira (PMDB-CE), que indeferiu votação sobre questões envolvendo a residência de imigrantes no país.
 
 
A confusão começou durante a votação de um veto do Planalto que estendia à área rural o cartão construção do governo federal. O embate inicial foi estadual. O deputado Weverton Rocha (PDT-MA) queria, além de orientar o voto da bancada, dar um encaminhamento como líder da bancada. O senador João Alberto (PMDB-MA) negou e perguntou: "como vota o PDT?"
 
 
 
Weverton, aliado do governador Flávio Dino e adversário de João Alberto — que é ligado à família Sarney — insistiu: "Quero fazer uma questão de ordem como base no artigo.... ". Foi interrompido por Alberto. "Indefiro. Como vota o PDT?"

O caos estava começando. "O senhor não pode negar uma questão de ordem sem ouvi-la". Alberto não mudou a posição. Mudou o partido. "Como vota o Podemos?". A gritaria aumentou e, quando o presidente do Congresso, Eunício Oliveira (PMDB-CE) voltou à Mesa, suspendeu a sessão. Neste momento, os parlamentares subiram à Mesa e o tumulto começou.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.