Em agenda com Alckmin, Doria diz que ambos 'estão e continuarão juntos'

Alckmin foi questionado se a agenda seria uma forma de mostrar uma aproximação entre eles e, ao responder, enumerou as ações do governo do Estado realizadas com a Prefeitura

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/09/2017 18:12

Em mais uma agenda conjunta, realizada na manhã desta sexta-feira (8/9) o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin e o prefeito da capital, João Doria, ambos do PSDB, evitaram os rumores de um possível afastamento por causa da corrida presidencial do próximo ano. Eles entregaram 112 unidades no Conjunto Habitacional Vila Andrade C em Paraisópolis, na zona sul da capital.
 
 
Questionado se a parceria com Alckmin continuaria se houvesse uma disputa pela Presidência, Doria negou. "Não vai atrapalhar, porque estamos juntos e continuaremos juntos. Não há nenhum distanciamento, nenhuma rusga, não há nada que nos afaste. O governador faz uma excelente gestão à frente do governo do Estado de São Paulo. Nós, nesses oito meses, temos feito um esforço grande com uma equipe boa para realizar uma boa administração. Estamos dando hoje uma demonstração de ação conjunta e assim continuaremos. Não haverá afastamento."

Em entrevista exclusiva ao jornal O Estado de S. Paulo na segunda-feira, dia 4, Doria admitiu que pode sair do PSDB e diz que descarta prévias com seu padrinho político. Alckmin, por sua vez, reforçou nesta semana suas intenções de ser Presidente da República.

Alckmin foi questionado se a agenda seria uma forma de mostrar uma aproximação entre eles e, ao responder, enumerou as ações do governo do Estado realizadas com a Prefeitura. "As parcerias são em todas as áreas. Educação, através das creches, segurança pública, mobilidade urbana, saneamento básico, saúde, combate a enchentes, habitação." Questionado se a parceria também era na área política, respondeu: "Política também. Estamos juntos".

No evento, Doria anunciou que um novo conjunto habitacional, também em parceria com o Estado, está em planejamento na região. "Uma nova área está em processo de desapropriação e, tudo correndo bem, vai nos permitir, em conjunto com o governo do Estado, a construção de mais 500 unidades populares em Paraisópolis."

O Conjunto Habitacional Vila Andrade C foi construído com investimento de R$ 9,1 milhões da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) e R$ 2,8 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em um terreno da Prefeitura.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.