Funaro diz à PF que sua casa foi invadida em São Paulo

Mansão dele fica ao lado da residência do empresário Joesley Batista, da J&F, em um bairro nobre de São Paulo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/09/2017 19:02

Dida Sampaio/AE


O doleiro Lúcio Funaro enviou um documento ao Supremo Tribunal Federal (STF) afirmando que sua casa foi invadida por ao menos dois homens. De acordo com o documento, o imóvel, que fica no Jardim Europa, ao lado da mansão do empresário Joesley Batista, foi invadido no último domingo (10/9).


Leia mais notícias em Política

No momento em que dois homens pularam o muro, a mulher e a filha de Funaro estavam na residência. Ao verem as duas, eles saíram correndo. Eles foram vistos quando estavam em cima do telhado que recobre a área.
 
A dupla pulou um muro que divide a casa do doleiro e de Joesley, se arrastou pelo telhado e tentou pular para um dos quartos, pouco antes de fugir. Lúcio Funaro pediu que a PF investigue se a invasão está ligada ao seu acordo de delação premiada.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.