Professor explica como as redes sociais influenciarão as eleições de 2018

O consultor de comunicação, marketing digital e gestão de crise Marcelo Vitorino foi o entrevistado do programa CB.Poder desta quarta-feira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/09/2017 16:01

Reprodução/TV Brasília

 
Mais do que voto a voto, as eleições do próximo ano devem ser disputadas curtida a curtida. É notório que que as redes sociais terão grande influência no pleito que vai definir quem comandará o Palácio do Planalto a partir de 2018. Por isso, o programa CB.Poder — uma parceria do Correio Braziliense com a TV Brasília — recebeu nesta quarta-feira (13/9) o consultor de comunicação, marketing digital e gestão de crise Marcelo Vitorino. No programa, ele explicou o papel das redes sociais nos bastidores de uma campanha política.
 
 
Vitorino destacou que as redes podem ter uma importância ainda maior em 2018, caso o Congresso aprove o projeto que libera candidatos a impulsionarem publicações de campanha no Facebook. O professor também falou da importância de combater as notícias falsas (ou fake news), citou o perfil de político que os eleitores brasileiros buscarão para votar no ano que vem e fez uma ressalva para aqueles candidatos que fazem sucesso na internet: "like não é voto".


Confira a entrevista na íntegra:

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.