"Não quero que o Moro me absolva, só que peça desculpas", diz Lula

Em seminário sobre educação, ex-presidente afirmou não poder aceitar "mentiras" a seu respeito

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/10/2017 21:52 / atualizado em 09/10/2017 21:59

Lula Marques/Agência PT

 
O ex-presidente Lula fez um discurso inflamado durante o “Seminário de Educação Pública”, nesta segunda-feira (9/10) em Brasília. Ao falar sobre os processos onde é acusado pelo juiz Sérgio Moro, Lula afirmou não querer a absolvição por parte do juiz Sérgio Moro. “Eu só quero que ele peça desculpas”, alegou. Lula afirmou, também, que tem como legado respeitar o debate mas “eu não tenho respeito por quem não me respeita, eles porque não me respeitaram”.
 
 
O ex-presidente, porém, reconheceu a sua delicada situação judicial – onde é réu em sete ações. “Eu sei que estou lascado. Todo dia tem um processo”. Lula, porém, prometeu estar pronto para rebater as acusações. “Não tenho medo e não posso aceitar as mentiras que a Polícia Federal e o Ministério Público contou ao meu respeito, e não posso aceitar o juiz Moro ter aceito as mentiras e ter feito o julgamento que fez”, ponderou. Moro, inclusive, já o condenou em primeira instância a nove aos e seis meses de prisão, por envolvimento no caso do tríplex, no Guarujá – a defesa de Lula recorreu e o caso agora está no TRF-4, em Porto Alegre.
 
Em pouco mais de meia hora de discurso, Lula tocou poucas vezes no tema da candidatura, mas exaltou dados positivos da educação em seus oito anos de governo, sempre permeadas com críticas ao atual governo.  “Sintam vergonha de ter um torneiro mecânico mais preocupado com a educação desse país do que vocês”, provocou.
 
Organizado por alas do PT, o encontro discutiu os rumos da educação pública no país, mas também se transformou em palanque de críticas ao governo de Michel Temer e um ato de desagravo ao ex-presidente. Durante discurso antecedendo Lula, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, disse esperar, “como brasileiro e como professor, que dia 1º de janeiro de 2019 este pesadelo chamado Temer acabe, e o senhor [referindo-se a Lula] assuma a presidência da República”.
 
O evento reuniu parte da cúpula do partido onde, além de Lula, estiveram presentes a presidente do partido, a senadora pelo Paraná Gleisi Hoffmann, o governador do Piauí, parlamentares e ex-ministros dos governos de Lula e Dilma.
 

Bolsonaro

O ex-presidente também abordou em seu discurso a agenda do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ). Maior ameaça à liderança de Lula nas pesquisas eleitorais para 2018, Bolsonaro está em visita a quatro estados americanos.
Lula ironizou os encontros do deputado com membros do mercado financeiro. “Se o Bolsonaro agrada o mercado, nós do PT temos de desagradar o mercado”, garantiu, para aplauso dos correligionários presentes. O petista também se mostrou pouco simpático com o mercado financeiro – a quem disse ser tratado como um demônio. “Eu não tenho cara de demônio, mas eu quero que eles me respeitem como eu se fosse, porque a economia brasileira não vai ficar subordinada ao rentismo deste setor da sociedade brasileira”, disse.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
João
João - 10 de Outubro às 12:35
Só rindo. Qual a próxima piada?
 
CONSTANTINO
CONSTANTINO - 10 de Outubro às 12:31
estou de pleno acordo. O juiz Sergio Moro deve pedir desculpas sim ao lulla.. desculpas pela pena ser de apenas 9 anos. O juiz Sergio Moro deve pedir desculpas ao lulla por não te-lo condenado a 29 anos de prisão.
 
henrique
henrique - 10 de Outubro às 11:34
É um canalha, corrupto, lesa pátria louco ou um louco canalha, corrupto e lesa pátria este filho da puta?
 
Lucia
Lucia - 10 de Outubro às 10:53
Moro pedir desculpas ao ladrão????KKKKKKKK Esse verme tá é doido, caso terminal de loucura.Internem logo que o caso é grave.
 
Patricia
Patricia - 10 de Outubro às 10:14
Lula em seminário sobre educação??? Kkkkkk Só pode ser piada!!!! Ladrão desgraçado.
 
MARIA
MARIA - 10 de Outubro às 09:27
Votei no Lula por duas vezes no passado, por que o respeitava, mas ele se tornou um sujeito arrogante que se acha acima da lei e melhor que todo mundo. Não admite ser investigado pelas evidencias, chama de mentirosos seus antigos aliados, que agora viraram opositores. Deveria ao menos respeitar o Juiz , que tá fazendo seu trabalho muito bem!
 
Antonio
Antonio - 10 de Outubro às 08:25
Esse Lula é um grande farsante, mentiroso e é mais do mesmo. A quadrilha dele quer voltar pra roubar o restante que ficou.
 
Roberto
Roberto - 09 de Outubro às 23:03
Nunca vi nenhum comentário meu sendo publicado. A derrubada da Igreja na Vila Planalto pela Agefis. não publicaram, esta deste "mala" Lula da Silva, também não; O que está acontecendo?
 
Roberto
Roberto - 09 de Outubro às 22:42
Em que mundo este cidadão vive! Está completamente fora da realidade...
 
Paulo
Paulo - 09 de Outubro às 22:21
Esse Lula não tem cura: a pilantragem virou desequilíbrio mental, dele e dos adeptos da seita do PT.