Presidente da CCJ pede mais prazo para apreciação de denúncia contra Temer

Pacheco solicitou prazo de mais três sessões para o colegiado concluir a apreciação da admissibilidade da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/10/2017 16:11

Antonio Augusto /Câmara dos Deputados
O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), encaminhou para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), um requerimento solicitando prazo de mais três sessões para o colegiado concluir a apreciação da admissibilidade da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer.

Segundo a assessoria de Pacheco, o peemedebista agiu com precaução porque o prazo das cinco sessões da CCJ para apreciação da denúncia terminará nesta quarta-feira (18/10). Os governistas querem votar o relatório do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) nesta quarta-feira, mas Pacheco só encaminhará a votação quando todos os deputados inscritos tiverem se manifestado na comissão. Neste momento, ainda há mais de 40 deputados inscritos para falar.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
CONSTANTINO
CONSTANTINO - 18 de Outubro às 13:18
mas é claro que tem que ter mais tempo....... para quem trabalha só 3a e 4a feira não há tempo para apreciar denuncia nenhuma....... Deus tenha piedade desse Brasil.......