Publicidade

Estado de Minas

Temer nomeia delegado Fernando Segóvia para o comando da PF

Anúncio do novo diretor-geral da corporação foi realizado nesta quarta-feira, no Palácio do Planalto


postado em 08/11/2017 15:40 / atualizado em 08/11/2017 20:52

Fernando Segóvia é especialista no combate ao tráfico de drogas e armas nas fronteiras e já atuou como adido do Brasil na África do Sul(foto: Polícia Federal/ Divulgação)
Fernando Segóvia é especialista no combate ao tráfico de drogas e armas nas fronteiras e já atuou como adido do Brasil na África do Sul (foto: Polícia Federal/ Divulgação)


O presidente Michel Temer decidiu trocar o comando da Polícia Federal. Leandro Daiello será substituído pelo delegado Fernando Segóvia. A decisão foi tomada após uma reunião com o ministro da Justiça, Torquato Jardim. O anúncio do novo diretor da corporação foi feito na tarde desta quarta-feira (8/11), pela assessoria de imprensa do Planalto.

Dentro da PF, os encontros para definir a mudança no comando e o mistério em torno do novo nome foram mal vistos. Os delegados e agentes reclamam que não foram ouvidos.

As mudanças, anunciadas sem aviso, fizeram com que a proposta de autonomia da PF ganhe mais adeptos na corporação.

Fernando Segóvia é advogado formado pela Universidade de Brasília (UnB), com experiência de 22 anos na carreira. Foi superintendente regional da PF no Maranhão e adido policial na República da África do Sul, tendo exercido parcela importante de sua carreira em diferentes funções de inteligência nas fronteiras do Brasil.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade