Segóvia discute reforma da previdência com Rodrigo Maia

Diretor-geral da PF participou de encontro para avaliar como as mudanças podem afetar os servidores da corporação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/11/2017 12:10 / atualizado em 28/11/2017 12:38

/ AFP PHOTO / EVARISTO SA

 
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, se encontrou nesta terça-feira (28) com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, na residência oficial da Câmara, em Brasília. O objetivo do encontro foi discutir a reforma da previdência. Segóvia e Maia discutiram como a mudança deve atingir os servidores da PF, se aprovada.
 
 
Por se tratar de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) o governo precisa de 308 votos dos 513 deputados para aprovar a medida. Os servidores públicos devem ser incluídos nas novas regras.

Ao sair do encontro, Segóvia afirmou que "todas as categorias terão que ceder", sinalizando que não vai se opor as alterações na previdência que estão sendo propostas pelo governo. Deputados da base também estiveram no encontro.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.