Publicidade

Estado de Minas

Arthur Virgílio e Geraldo Alckmin chegam juntos à convenção do PSDB no DF

Prefeito de Manaus e governador de São Paulo chegaram acompanhados à convenção, mas Virgílio afirma que gesto de simpatia não é sinônimo de consenso


postado em 09/12/2017 11:31 / atualizado em 09/12/2017 11:49

O prefeito de Manaus Arthur Virgílio (PSDB-AM), recebeu, na manhã deste sábado (9/12), ao chegar à convenção do PSDB em Brasília, o telefonema do governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB-SP) para que o encontrasse em chegassem juntos ao evento tucano. Virgílio planeja disputar com o governador paulista as prévias para a escolha do candidato do PSDB ao palácio do Planalto no ano que vem. 

O tucano amazonense, contudo, assegurou que o gesto de simpatia de Alckmin não significa o início de consenso: "Não vou abrir mão da minha pré-candidatura. O mais bonito sera o cotejo de ideias para que a população escolha o melhor nome e o candidato com mais coragem", afirmou Virgílio. 

Reforma da previdência

Mais cedo, o ex-ministro da secretaria de governo Antonio Imbassahy afirmou ter confiança de um bom momento do PSDB e na capacidade que o governo terá para aprovar a reforma da Previdência. "Nós assumimos o governo em momento de desequilíbrio fiscal e turbulênca política. E, hoje, o país está em um momento melhor. Falta ainda aprovar a previdência".
 

Imbassahy participará, no fim do dia, de um encontro com o presidente Michel Temer e o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) para tratar estratégias nessa semana decisiva para o planalto.  "Estarei em uma posição diferente agora porque não sou mais ministro, mas acumulei muitas informações e espero contribuir para esse momento em que é preciso deixar de lado questões menores e interesses partidários", declarou Imbassahy.

 

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) defendeu o apoio do partido à reforma da Previdência.  "Pior do que votar a Previdência sem a maioria necessária,  é votar sem os votos do PSDB.  Tenho a certeza de que o governador Alckmin conduzirá o partido para a unidade em torno da reforma", afirmou. Aécio, que defendia a candidatura de Marconi Perillo para a presidência do partido, afirmou que essa convenção representa a retomada da unidade do PSDB.

Representante do DF

O deputado Federal Izalci Lucas (PSDB-DF) foi recebido por uma militância animada e um papai noel de bermuda vermelha, que, muinido de um mega-fone, gritava "Izalci, Izalci, o nosso governador". 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade