Envelope suspeito endereçado a Dilma mobiliza esquadrão antibombas

A polícia e o Corpo de Bombeiros foram chamados para verificar o conteúdo do envelope, deixado por uma mulher na portaria do Ministério da Fazenda

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/12/2017 13:49 / atualizado em 15/12/2017 14:23

PM Divulgação


Um envelope suspeito, deixado por uma mulher na portaria do Ministério da Fazenda e endereçado à ex-presidente Dilma Rousseff (PT), foi alvo de uma operação da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros nesta sexta-feira (15/12).

 

Leia as últimas notícias de Política  

 

O Esquadrão Antibombas da PM foi chamado para investigar o conteúdo do envelope. O material, no entanto, não representava ameaça. No envelope, branco e com uma cruz vermelha, havia apenas duas carteiras de trabalho.

 

Na operação, que chegou a receber um nome — Petardo —, os policiais chegaram a isolar uma parte da área externa do ministério.

 

Segundo a Polícia Militar, a mulher entrou na portaria do Bloco F do Ministério da Fazenda por volta das 11h30, deixou o envelope e saiu. As imagens do circuito interno de segurança mostram o momento. Ao sair, mostram as imagens, ela foi abordada por funcionários e, depois de conversar com ele um pouco, deixou o prédio.

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.