Publicidade

Estado de Minas

Juiz do DF pede esclarecimento ao IML sobre saúde de Maluf

Magistrado deu o prazo de dez dias para que peritos respondam questionamentos da defesa do parlamentar, com a finalidade de decidir sobre prisão domiciliar


postado em 27/12/2017 16:35 / atualizado em 27/12/2017 16:51

A intenção do juiz é decidir se concede ou não a prisão domiciliar(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
A intenção do juiz é decidir se concede ou não a prisão domiciliar (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)


O juiz Bruno Aielo Macacari deu o prazo de 10 dias para o Instituto Médico Legal (IML) repassar novas informações sobre o estado de saúde do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP). Na decisão, divulgada nesta quarta-feira (27) o magistrado também solicita a direção do Complexo Penal da Papuda informações sobre o atendimento médico da unidade prisional.

A intenção do juiz é decidir se concede ou não a prisão domiciliar solicitada pelos advogados do parlamentar. Os questionamentos encaminhados aos dois órgãos foram feitos pela defesa do deputado. O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, afirmou que os peritos "se omitiram durante análise do quado de saúde do político".

O defensor afirma que Maluf tem problemas cardíacos. No entanto, o laudo médico aponta somente um quadro de câncer na próstata e problemas degenerativos na região lombar. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade