Carmen Lúcia se reúne com governador de Goiás na segunda

Intenção do encontro será discutir a segurança nos presídios do estado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/01/2018 13:35 / atualizado em 04/01/2018 15:16

CarlosMoura/SCO/STF

 

A ministra Carmen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), se reúne na próxima segunda-feira (8/1) com o governador de Goiás, Marconi Perilo (PSDB). Após o encontro, ela segue para o Complexo Penitenciário de Aparecida de Goiânia, onde uma rebelião deixou nove mortos e provocou fuga em massa no primeiro dia do ano.

 

Leia as últimas notícias de Política

 

Por conta da fuga de mais de 200 internos, das mortes e dos 14 feridos, a ministra decidiu começar por Goiás a série de visitas a unidades prisionais que já havia programado para este ano. 

 

O pedido de reunião com o governo do estado partiu do próprio Perillo. O segundo estado a ser visitado será o Paraná. A intenção é embasar medidas a serem tomadas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com relação aos centros de reclusão e avaliar como está a estrutura física destes locais.

 

Um relatório sobre as condições no sistema penitenciário goiano, feito pela Justiça do estado e encaminhado à ministra, recomenda a construção imediata de cinco penitenciárias para reduzir a superlotação nas cadeias de Goiás

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.