Publicidade

Estado de Minas

Defesa de Lula recorre contra decisão que o impede de sair do país

Advogados do ex-presidente solicitaram ao TRF-1 que a decisão do juiz Ricardo Leite, que também apreendeu o passaporte do político, seja invalidada


postado em 26/01/2018 20:40

(foto: AFP / Nelson Almeida)
(foto: AFP / Nelson Almeida)

 
A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou um habeas corpus no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), na noite desta sexta-feira (26/1), solicitando que seja suspensa a decisão do juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara federal de Brasília, que impede o petista de sair do país. O magistrado também determinou a apreensão do passaporte.
 
 
Após entregar o documento a PF, o petista cancelou uma viagem que estava prevista para a Etiópia, onde participaria de um evento da Organização das Nações Unidas (ONU) que ocorre hoje. A defesa dele afirmou que “Lula retornaria ao Brasil dia 29 deste mês” e disse que “a apreensão do documento não se justifica, pois ele havia avisado a Justiça da viagem”, que ocorre a convite dos organizadores

O evento da ONU vai discutir neste fim de semana uma série de propostas para a erradicação da fome no continente africano até 2025. Um assessor do petista já estava na África organizando a recepção dele e deve retornar ao Brasil na segunda-feira.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade