Jornal Correio Braziliense

PSDB e PSD se aproximam por aliança para o governo de São Paulo

Tudo indica que será uma aliança formada entre o prefeito da capital paulista, João Dória (PSDB), e o ministro Gilberto Kassab

Rodolfo Costa
Doria deve ser candidato a substituir o governador Geraldo Alckmin no governo de São Paulo - Foto: Evaristo Sa/AFP
A chapa tucana que deve suceder Geraldo Alckmin no governo de São Paulo está ganhando corpo. Tudo indica que será uma aliança formada entre o prefeito da capital paulista, João Dória (PSDB), e o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab (PSD). 

Em São Paulo, os tucanos também conversam com o DEM e o MDB também avançam. Mas é o PSD quem deve apresentar um candidato a vice-governador, afirmou nesta quinta-feira (8/2) Kassab. “Existe uma posição que está se constituindo como majoritária no PSD em São Paulo de caminhar com o PSDB”, afirmou. 

O ministro desconversa, no entanto, que esteja fechada a decisão sobre o posicionamento dele na chapa como vice. “Personalizar neste momento uma composição não é saudável, nem correto. O que existe, sim, é uma quase consolidação de uma aliança, em que o PSDB indicaria o candidato a governador, e o PSD indicaria o candidato a vice-governador”, disse.