Turismo impulsiona desenvolvimento econômico em cidade do interior do Piauí

Cravado fica aos pés da Serra da Capivara, uma área de 130 mil hectares com mais de mil sítios arqueológicos e pinturas rupestres feitas há milhares de anos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/07/2014 08:57 / atualizado em 06/07/2014 09:11

Simone Kafruni - Enviado especial

Carlos Moura/CB/D.A Press - 9/4/2014


São Raimundo Nonato (PI) — Castigada por uma seca impiedosa durante quase quatro anos, a região sudoeste do Piauí, que abriga algumas das cidades mais pobres do Brasil, ainda padece com os efeitos da longa estiagem. Porém, 2014, ano em que o Plano Real completa duas décadas, chegou levando chuva ao sertão. A caatinga ganhou contornos verdejantes, e a cor reascendeu a esperança do povo sofrido que batalha para sobreviver no semiárido do Nordeste brasileiro.

Cravado aos pés da Serra da Capivara, uma área de 130 mil hectares com mais de mil sítios arqueológicos e pinturas rupestres feitas há milhares de anos pelos primeiros habitantes da América, o município de São Raimundo Nonato é o polo comercial da região. A cidade recebe, diariamente, o fluxo de moradores dos 13 municípios vizinhos — Coronel José Dias, Campo Alegre, São Lourenço, São Braz do Piauí, Bonfim, Caracol, Anísio de Abreu, Dom Inocêncio, Várzea Branca, Dirceu Arcoverde, Guaribas, Canto do Buriti e Jurema.

Leia outras reportagens no Especial 20 anos do Real

Carlos Moura/CB/D.A Press - 9/4/2014

Nos 20 anos do Real, muita coisa mudou em São Raimundo, que tinha sua economia inicialmente voltada para agricultura e pecuária (o abate de bode, majoritariamente). Hoje, tem no comércio a principal fonte de renda e aposta no turismo para impulsionar o desenvolvimento. A inauguração do terminal de passageiros do aeroporto local, prevista para este ano, deve dar maior visibilidade ao Parque Nacional da Serra da Capivara, atração turística que recebe visitantes do mundo inteiro, interessados em conhecer a origem do homem americano.

A cidade mostra um dinamismo acima da média do Piauí e é uma das que mais cresce, puxada pelo setor de serviços e pela construção civil. Entre 2005 e 2011, enquanto o Produto Interno Bruto (PIB) do estado avançou 121,2%, São Raimundo Nonato teve expansão de 127,7%. Dos 224 municípios do Piauí, São Raimundo já é o 24º maior, com PIB per capita de R$ 6,2 mil naquele ano

» Novo polo de desenvolvimento

1994 — O real chega a São Raimundo Nonato em 23 de junho de 1994, em um carro-forte do Banco do Brasil (BB), vindo de Teresina, distante 526 quilômetros. No total, R$ 200 mil abastecem três agências locais, da Caixa Econômica Federal, BB e Banco do Nordeste do Brasil (BNB).

2002 — Começam as obras do Aeroporto Internacional da Serra da Capivara. É oficializado o pedido para que o Parque Nacional da Serra da Capivara seja declarado Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco, inscrição feita em 1991.

2004 — O real completa 10 anos e o desempenho do município de São Raimundo Nonato começa a melhorar, com crescimento do setor de serviços, sobretudo, do comércio.

2005 —
A frota de veículos de São Raimundo Nonato dispara, conforme o Denatran e o IBGE. São quase 2 mil motos, 573 carros, 146 caminhões, 11 tratores, cinco micro-ôninus e 14 ônibus.

2006 —
Município dá início às obras de saneamento, até hoje inacabadas.

2008 —
É aberta a primeira revendedora de motos da cidade, responsável pela maior parte das vendas do veículo na cidade.

2009 —
A pista do aeroporto da região, com 1.650 metros, é concluída em junho. Passa a receber aviões de pequeno e médio portes em voos diurnos.

2010 — O IDHM pula de 0,497 em 2000 para 0,661.

2011 —
Os dados do Produto Interno Bruto (PIB) e do PIB per capita, de 2005 a 2011, mostram que a cidade cresce acima da média do Piauí. Enquanto o avanço do Estado atinge 121,2%, São Raimundo registra
expansão de 127,7%.

2012 — A primeira concessionária de veículos de São Raimundo é inaugurada, e a frota da cidade passa a contar com 9,4 mil veículos, sendo 6,8 mil motos.

2014 —
O Real completa 20 anos e São Raimundo Nonato aposta no crescimento do turismo, com maior visibilidade do Parque Nacional Serra da Capivara e a conclusão do aeroporto local.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.