PHOTO & GRAFIA

O jardim utópico

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/01/2015 08:00 / atualizado em 02/01/2015 18:58

Zuleika de Souza

Zuleika de Souza/CB/DA Press
Este ano, a cidade da utopia vai completar 55 anos. Nesse meio século, foi solapada pela realidade e muito maltratada. A 308 Sul resume os conceitos que Lucio Costa quis imprimir na cidade e que, fora da primeira unidade de vizinhança, são cada vez mais raros.

Todos os dias cedinho, quem anda pela quadra encontra Seu Carlos cuidando do laguinho diante do Bloco F. O espelho d’água, cheio de carpas, faz parte do projeto de paisagismo de Burle Marx. O luxo de ter jardins de um dos maiores paisagistas do mundo é motivo de orgulho para a superquadra.

A quadra modelo é tombada pelo patrimônio histórico e tem clube, biblioteca, escola-parque, jardim de infância (projeto de Stéllio Seabra e revestido de Athos Bulcão), escola-classe, posto de saúde — e é vizinha do xodó da cidade, a Igrejinha.

Os azulejos dos blocos confundem, muitos pensam ser de Athos, mas são de um contemporâneo do artista que não ganhou o mesmo destaque. Em 2015, todos os brasilienses poderiam ser um pouco Seu Carlos e cuidar mais do seu pedaço.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.