Encontro com o Chef

Celebremos o ceviche

O prato peruano é festejado hoje e consumido todos os dias nos restaurantes do mundo, como lembra o chef Marco Espinoza

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/06/2015 08:00 / atualizado em 25/06/2015 14:19

Rafael Campos

Fosse no delicioso restaurante Astrid y Gastón, do chef Gastón Acurio, ou em uma vendinha escondida pelas ruelas de Aguas Calientes, vilarejo que fica aos pés do vale sagrado de Machu Picchu, saborear ceviche esteve entre as experiências mais inesquecíveis da minha viagem ao Peru. Afinal, o prato é um dos maiores patrimônios culturais do país e qualquer turista gastronômico não perde a chance de prová-lo.

Ainda bem que, justamente por sua fama, não é preciso fazer uma viagem internacional para conseguir saborear um exemplo de qualidade desse prato histórico. Aliás, nas mãos do chef Marco Espinoza, do Taypá, o prazer do ceviche consegue até mesmo ir além do que uma viagem à terra dos incas pode oferecer. "É o prato mais emblemático da nossa cozinha. Qualquer pessoa que decida se aventurar pela gastronomia peruana é obrigada a provar", atesta.

Ceviche clássico

 

Fabrício Rodrigues/Divulgação
 

 

Ingredientes
600g de peixe cortado em cubos
300g de cebola em corte juliana
400ml de suco de limão
40g depimenta-dedo-de-moça em corte brunoise
100ml de leite de tigre (molho tradicional à base de limão e caldo de peixe)
40g de coentro
20g de gengibre
3 dentes de alho
200g de milho crocante
200g de batata-doce cozida
4 folhas de alface
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo
Em um recipiente, coloque o peixe. Em seguida, acrescente o sal, a pimenta e o alho. Mexa. Em seguida, adiciona a cebola, o leite de tigre e o suco de limão. Mexa. Por cima, adicione o gengibre e o coentro.

Modo de servir
Coloque em um prato frio o alface, como base, e a preparação anterior (o ceviche). Finalize com o milho e a batata-doce.

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 20min

 


A matéria completa para assinantes está aqui. Para assinar, clique aqui.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.