COLUNA

Neurônios em Dia

Você não consegue dormir depois do almoço? Que pena. A siesta pode trazer benefícios à saúde.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/09/2015 09:18

*Por Ricardo Teixeira 

 

Uma boa parte das pessoas que tem o hábito da siesta diz que na verdade é a reposição de um sono atrasado. Aqueles que trabalham em turno invertido podem tirar os cochilos como forma de se preparar para uma noite de trabalho. Outros vão responder que fazem a siesta por puro prazer. Mas a siesta tem também seus benefícios à saúde.

 

Além de benefícios ao coração, a siesta deixa o cérebro mais afinado. O hábito de tirar um cochilo de uns 20 minutos depois do almoço melhora o humor das pessoas e dá uma turbinada nas funções cognitivas como memória, atenção, raciocínio lógico e tempo de reação. Outro fato interessante é que os “siesteiros” têm um sono noturno mais reparador.

 

Dez minutos já é uma soneca boa, mas parece que as de 20 minutos são melhores ainda. Siestas mais prolongadas não são recomendadas, pois deixam as pessoas com “ressaca” ao acordar de um sono que atingiu estágios profundos. Além disso, siestas longas podem atrapalhar o sono durante a noite. Para melhor sincronia com o relógio biológico, o horário ideal gira em torno de duas às quatro da tarde. Por fim, para aqueles que têm insônia, deixem a siesta para os outros.

 

*Dr. Ricardo Teixeira é neurologista do Instituto do Cérebro de Brasília e professor de pós-graduação em divulgação científica e cultural na Unicamp. Escreve às segundas neste espaço. 

 

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.