Publicidade

Estado de Minas PHOTO & GRAFIA

Banquinhas de sabores


postado em 18/10/2015 08:00 / atualizado em 16/10/2015 21:17

(foto: Zuleika de Souza/CB/D.A Press)
(foto: Zuleika de Souza/CB/D.A Press)

As bancas de roupa da Feira do Guará ainda parecem ser a maioria, mas o cheiro é das bancas que vendem alimentos.

Guiando-se pelos odores, o chef paraense Leandro Nunes encontra no centro da feira a Pará Temperos.

Carlos, dono do minimercado especializado em coisas do Norte, tem orgulho do cliente que faz uma comida autoral com sotaque amazônico, no Jambu. Leandro sai da Vila Planalto especialmente para fazer compras na banca e matar a saudade dos sabores da terra natal.

Como o chef, vários gourmets da cidade buscam suas matérias-primas e utensílios nas dezenas de bancas onde dá para encontrar um Brasil em sabores: beiju, requeijão-caboclo, queijo de coalho e canastra, carne de sol, peta, polvilho, mate, camarão seco, doces de Araxá, rapadura, cachaça, pequi, jurubeba, tacacá, tucupi, maniçoba, pupunha, farinha de Bragança...

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade