A iluminação do ambiente influencia naquilo que pedimos ao garçom

Em ambientes mais iluminados, as pessoas costumam pedir alimentos mais saudáveis, como vegetais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/06/2016 17:43 / atualizado em 13/06/2016 17:43

Gabriela Studart/Esp.CB
 
* Por Ricardo Teixeira
 
Jantar em um restaurante com iluminação discreta faz com que a gente tenha a tendência em comer menos. Só que essa penumbra também favorece a escolha de alimentos menos saudáveis. Esse é o resultado de uma pesquisa publicada este mês pelo Journal of Marketing Research.

Pesquisadores da Universidade de Cornell e South Florida nos EUA mostraram que em um restaurante menos iluminado os pedidos eram 40% mais calóricos, enquanto que nos bem iluminados, as pessoas têm uma tendência até 25% maior de escolher alimentos saudáveis (e.g.; carne branca, vegetais). Os autores explicam esses achados pelo nível de alerta das pessoas: no claro estamos mais atentos, inclusive para escolher as opções mais saudáveis do cardápio. Essas conclusões foram baseadas em um experimento complementar em que pílulas de cafeína placebo faziam com que as pessoas pedissem alimentos saudáveis em ambientes escuros na mesma proporção do que nos bem iluminados.
 
Rayan Ribeiro/Divulgação
 
 
A iluminação do ambiente pode dar o “tchan” na experiência de uma refeição e, apesar dessa tendência em pedir alimentos mais calóricos na penumbra, com menos luz comemos menores quantidades, mais devagar e com mais prazer. Isso sem falar na boa companhia. Comemos menos quando temos outra pessoa à mesa.
 
*Dr. Ricardo Teixeira é neurologista do Instituto do Cérebro de Brasília e professor de pós-graduação em divulgação científica e cultural na Unicamp. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.