PHOTO & GRAFIA

Descubra os mistérios de uma oficina de joias artesanais

Marcelo Ferreira capturou em fotografias momentos da criação de joias únicas, mostrando o trabalho dos designers de joias

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/01/2017 08:00 / atualizado em 27/01/2017 19:37

Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
O fascínio da humanidade por joias vem desde os tempos mais antigos. Estudos comprovam que a arte de confeccionar adereços é anterior à escrita. Símbolos de beleza e poder, esses adornos — coroas, anéis, colares, brincos, braceletes etc. — eram fundidos em metais nobres, como ouro e prata, e cravados com pedras preciosas.

Para a criação de uma joia artesanal, é necessário um amplo conhecimento e muito trabalho. Cada etapa requer uma habilidade diferente — design, fundição, laminação, forja, modelagem, soldagem e acabamento. Tudo isso para obter a perfeição de uma peça que poderá ser a única confeccionada.

Os designers de joias criam os modelos e desenham os croquis. Eles também trabalham na conservação e na restauração de peças antigas. Além do talento, é imprescindível que o profissional conheça a história dos metais e saiba identificar as pedras.
 
Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
 

"É fundamental que a pessoa participe de um curso, pois não é um setor fácil de lidar. É no curso que o aluno terá o conhecimento necessário para a execução do trabalho. Para quem está começando, um aspecto importante é saber onde comprar as pedras e os metais — a oferta é desigual, o que não ocorre com as grandes joalherias", aconselha Claudia Theolier, proprietária da Espaço Theolier Escola de Joalheria.
 
Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
 
Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
 
Um ponto muito importante para o bom profissional é estar sempre atualizado de acordo com as necessidades do mercado e com as tendências de moda.

Agradecimento: 

Espaço Theolier Escola de Joalheria 

theolierdesigner.blogspot.com.br
 
Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.