MODA

Além dos grandes vencedores, o Oscar também permite que a moda brilhe

Apesar da confusão na entrega do prêmio de melhor filme, o Oscar 2017 ofereceu o brilho usual no quesito glamour. As atrizes estavam deslumbrantes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/03/2017 08:00 / atualizado em 03/03/2017 20:19

A 89ª cerimônia de entrega dos Academy Awards, no domingo passado, teve lá suas surpresas, mas uma coisa não saiu do figurino: o tapete vermelho continua sendo uma vitrine das criações mais elaboradas, sofisticadas e majestosas da alta-costura. Para o nosso apanhado dos looks mais interessantes da noite, podemos começar por Emma Stone, vencedora da estatueta de melhor atriz pela performance em La la land, de Damien Chazelle (premiado como melhor diretor).

Emma brilhou em um longo dourado da Givenchy que, além de um bordado primoroso, também apresentava franjas que começavam logo abaixo da linha do quadril. Um retrô chique. Já a diva veterana Meryl Streep, indicada ao posto de melhor atriz pela 20ª vez por Florence: que mulher é essa?, do diretor Stephen Frears, trajava um exclusivo Elie Saab. A peça, que é um híbrido de macacão e vestido, ostentava um decote ombro a ombro, além de bordados brilhantes que iam do tronco às mangas.

 

Frazer Harrison/Getty Images/AFP
Christopher Polk/Getty Images/AFP
 

 Kevin Winter/Getty Images/AFP
 

 

 

 

 Damas de vermelho


A cor que sempre marca presença na festa do cinema, em longos suntuosos, não ficou de fora. Viola Davis, melhor atriz coadjuvante pelo papel de Rose Maxson no drama Um limite entre nós, do diretor e ator Denzel Washington, apostou num modelo Armani escarlate, com cauda e ombros expostos, com uma estrutura drapeada que vai da gola até o busto. Ruth Negga, por sua vez, apareceu de Valentino. A atriz que concorria à estatueta pelo papel desempenhado em Loving, usou um modelo que também trazia cauda, só que com ares vitorianos, bordados delicados e uma transparência inofensiva, que ia da gola alta às mangas. Elegância e romantismo.

 

 Frazer Harrison/Getty Images/AFP
AFP / ANGELA WEISS
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A atriz francesa Isabelle Huppert, que também concorreu ao Oscar de melhor atriz pela atuação em Elle, do diretor Paul Verhoeven, desfilou um longo Armani. A peça trazia um plissado orgânico e displicente, e a cintura era marcada com um cinto longo ornamentado com pedrarias. Já o longo nude Armani Privé de Nicole Kidman trazia bordados circulares de pedraria, em uma silhueta reta e muito elegante. A atriz australiana concorreu ao prêmio de melhor atriz coadjuvante por sua interpretação em Lion: uma jornada para casa, do diretor Garth Davis.

E como todo o glamour fica quase sempre reservado às convidadas, qualquer esforço no sentido de fugir da mesmice que acomete o guarda-roupa masculino merece destaque. Foi o caso do cantor Pharrell William, que compareceu à celebração vestindo um costume Chanel ornamentado com correntes de conta. Produzido além da média. 

 

 AFP PHOTO / VALERIE MACON
Kevork Djansezian/Getty Images/AFP
 

 

 

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.