MODA

Polêmica, a meia arrastão volta a fazer a cabeça dos fashionistas

Entregue-se à volta de um dos ícones da moda dos anos 1980: a meia arrastão. Polêmica, a peça reaparece e ganha o título de fashion. O que mudou foi a maneira de combiná-la em looks modernos e ousados

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/04/2017 08:00 / atualizado em 01/04/2017 11:10

Texto Marina Adorno — Especial para o Correio
Produção: Sávio Drew (estagiário sob supervisão de Flávia Duarte)

A moda sempre surpreende quando, de repente, todos voltam a usar alguma tendência antiga, que os fashionistas juraram que jamais voltaria a bombar. A meia arrastão fez parte do visual dos anos 1980 e 1990 e, agora, invade as passarelas mais famosas do mundo. Conhecida por ser uma peça sexy e ousada, ela aparece sendo usada de maneira mais casual e despojada. Atualmente, é o item de moda que mais divide opiniões: ame ou odeie.
 
Existem várias maneiras de incluir a peça nas produções. Porém, diferentemente de uma meia-calça ou até mesmo de uma meia convencional, a ideia é que a meia arrastão se destaque no look. Para aquelas que desejam adotar o visual, mas ainda têm um pouco de receio de usar a peça, a melhor opção é combiná-la com uma calça jeans rasgada. O resultado é que a meia aparece de uma maneira mais contida e acrescenta um toque de modernidade a esse modelo de calça — que já não é mais novidade. Acrescente um scarpin e deixe a produção mais chique.

Para as mulheres que não têm medo de ousar, a sugestão é combinar esse modelo de meia-calça com um short ou saia curta e  deixar o cós da meia aparecer. Uma camiseta, que faça as vezes de vestido, também é uma opção mais atrevida de combinação, e que pode ser complementada tanto com tênis quanto com um belo salto alto.

A meia arrastão é uma tendência que tem a cara do outono/inverno, mas como ela não esquenta — por ser toda furada — também pode ser usada em dias de altas temperaturas. É uma ótima alternativa para atualizar alguns looks convencionais, e a ousadia da produção pode ser controlada de acordo com cada estilo, depende do tamanho da trama e das composições. Lembre-se: as maiores chamam mais atenção.

Arrisque com uma camiseta-vestido

Minervino Junior/CB/D.A Press

Camiseta pocket, da Born Concept (R$ 109,90)
Bolsa de veludo, da Schutz (R$ 950)
Chocker voltas laço, da Enrosca Meu Pescoço (R$ 35)
Pulseira, da Renner (R$ 29,90)
Brinco de bolas, da Renner (R$ 35,90)
Scarpin com recorte, da Arezzo (R$ 239,90)
Meia-calça arrastão (acervo pessoal)

Combine com short

Minervino Junior/CB/D.A Press

Short jeans, da Renner (R$ 59,90)
Oxford de verniz, da Schutz (R$ 400)
Camiseta pocket, da Born Concept  (R$ 109,90)
Óculos de sol rosé, da Renner (R$ 79,90)
Brinco, da Renner (R$ 39,90)
Meia-calça arrastão (acervo pessoal)

Vai bem com saia

Minervino Junior/CB/D.A Press

Camiseta, da Dane-se (R$ 88)
Saia de chamois, da Avanzzo (R$ 298,80)
Bota de verniz, da Schutz (R$ 400)
Bolsa Lorena baby, da Schutz (R$ 690)
Argola dourada, da Renner (R$ 35,90)
Meia-calça arrastão (acervo pessoal)

Use com calça jeans

Minervino Junior/CB/D.A Press

Jaqueta bomber, da Avanzzo (R$ 398,80)
Regata de lã, da Avanzzo (R$ 248,80)
Calça jeans, da Renner (R$ 119,90)
Bolsa, da Arezzo (R$ 479,90)
Meia-calça arrastão (acervo pessoal)
 

Para as mais contidas

Pinterest/Reprodução
Além da meia-calça arrastão, existe o modelo curto com a mesma trama. Ela dá um toque de estilo e modernidade, porém, é mais discreta. Esse modelo pode ser usado com tênis ou com salto alto.

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.