Dia dos namorados

Na data romântica, é possível curtir a dois dentro de casa. Veja dicas!

Quer fugir dos restaurantes cheios ou das filas quilométricas no cinema? Preparamos uma série de sugestões para você celebrar ao lado do amado no conforto do lar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 11/06/2017 08:00 / atualizado em 09/06/2017 18:47

 

O Dia dos Namorados é uma data em que muitos casais preparam grandes eventos. Jantares em restaurantes românticos e sessões de cinema estão entre as principais programações. Há, porém, quem prefira fugir das reservas de mesa e das filas enormes das floriculturas. Para algumas pessoas, passar a noite no conforto do lar é a melhor opção.



A programação de  Gabriel Aragão, 22 anos, e Isabella Setubal Dos Santos, 18,  para o primeiro Dia dos Namorados juntos inclui pedir comida japonesa, a preferida dos dois, abrir um bom vinho e assistir a um filme na casa do rapaz. O consultor de marketing e criatividade explica que ele e a estudante sabem que tudo vai estar mais cheio e mais caro, em decorrência da data festiva. “Não precisamos fazer as coisas igual a todo mundo para curtir. Resolvemos criar nossas próprias tradições”, explica Gabriel.

A filosofia do casal também vale para férias e presentes. Os mimos em celebrações como Dia dos Namorados e Natal só chegam depois da data festiva. Em novembro, o casal resolveu aproveitar a baixa temporada para viajar. “Vai ser a nossa forma de comemorar o primeiro ano de namoro. Sou muito romântica e adoro curtir datas importantes do relacionamento, mas fica ainda melhor quando fazemos de um jeito só nosso”, afirma Isabella.
Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press

O casal lembra que se conheceu na festa de um amigo em comum. Isabella dançava forró sozinha, quando Gabriel se ofereceu para ser seu par. “Ele me puxou, começou a dançar comigo e a gente acabou ficando. Desde então, a gente se encontrava, se via, ficava e saía junto. Há quase um ano, resolvemos tentar namorar pra valer e está dando muito certo”, comemora a moça. A noite de amanhã de  Isabella e Gabriel promete ser puro romantismo.

 

Celebração caseira

  • Prepare um café da manhã especial para o seu par. Pode ser uma mesa farta para dois ou mesmo as guloseimas preferidas em uma bandeja para um desjejum na cama.
  • Os que tiverem disponibilidade para passar a tarde em casa podem preparar uma maratona com os filmes preferidos do casal ou aproveitar a chance para apresentar o título preferido ao seu par.
  • Quem só vai poder se encontrar à noite pode apostar em um jantar à luz de velas. Comida feita em casa ou pedida em delivery são as apostas para fugir da muvuca dos restaurantes.
  • Preparar uma refeição juntos e testar uma nova receita também é um momento descontraído e que conecta o casal.
  • Casais que gostam de jogos podem aproveitar para curtir uma competição saudável. Que tal pegar o baralho ou um jogo de tabuleiro e fazer apostas? O perdedor fica devendo uma massagem caprichada ao vencedor. 

 

Para assistir juntinhos

A delicadeza do amor

Audrey Tautou interpreta uma funcionária de uma empresa em Paris que se apaixona por um humilde colega de trabalho.

A teoria de tudo

O filme (foto) conta a história do astrofísico Stephen Hawking e ressalta o amor entre ele e a esposa enquanto lutam contra a rara doença degenerativa que o acomete.

Universal Pictures/Divulgação
 

Loev

O longa indiano mostra dois amigos que viajam juntos e passam a questionar o que é o amor.

Hoje eu quero voltar sozinho (foto)

A produção nacional retrata a paixão de um adolescente cego por seu novo colega de escola.

Guilherme Freitas/Lacuna Filmes
 

Magia ao luar

Um mágico especialista em desmascarar charlatões é contratado para acabar com a suposta farsa de uma jovem que afirma ser médium. Aos poucos, ele se apaixona pela moça.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Luiz
Luiz - 12 de Junho às 11:02
Não é síndrome de pobreza ou qualquer outra coisa, mas curtir a noite em Brasília está um verdadeiro absurdo. Gasta 100 / 150 reais com praticamente nada. Em Goiânia, com o mesmo valor, custe o dobro que curte em Brasília.