Beleza

Homens escolhem perfumes com fragrâncias mais marcantes para a noite

Os homens têm se permitido experimentar novas fragrâncias. Que tal presentear o seu pai com um perfume e ajudá-lo a abrir os horizontes olfativos?

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/08/2017 08:00 / atualizado em 09/08/2017 14:55

No mundo das fragrâncias, os homens brasileiros conservam uma característica de lealdade. Há alguns anos, mantinham forte o hábito de eleger um perfume e de usar apenas esse em todas as ocasiões, por anos a fio. Na última década, porém, com o crescimento do mercado de beleza focado no público masculino, eles passaram a ousar um pouco mais.

César Veiga, perfumista do Grupo Boticário, afirma que, com a nova mentalidade de que os homens podem e devem se cuidar tanto quanto as mulheres, os hábitos referentes aos perfumes começaram a evoluir. Hoje, eles consideram trocar de fragrância e usar aromas diferentes. César conta que, em geral, escolhem um para a noite e momentos especiais, e outro para o dia a dia.

Rodrigo Lombardi, rosto por trás do Impression, lançamento recente da marca Eudora, exemplifica o movimento observado por César. O ator afirma lembrar do pai ao sentir o perfume que ele usava, igual sempre, e seguia o mesmo caminho. “Acabei me rendendo porque acreditei muito na proposta e troquei de perfume. É engraçado como isso se relaciona com a nossa identidade. No primeiro dia em que usei a fragrância diferente, meu filho me abraçou e percebeu na hora.” 

Os tipos

Além da lealdade a um ou dois perfumes, os brasileiros têm preferências de fragrância bem definidas. Segundo César, a maioria dos produtos brasileiros, ou mesmo os importados mais procurados no Brasil, originam-se em duas famílias olfativas: a dos amadeirados e a dos fougères.

Os amadeirados, como o nome diz, têm essências de madeira como notas de fundo. Os mais usados são o cedro e uma raiz chamada vetiver. “A partir da base amadeirada, acrescentamos os outros ingredientes que dão diferentes nuances ao perfume, como as especiarias e os cítricos. Os preferidos são os mais secos, que trazem um frescor nas notas de saída”, acrescenta o perfumista.

As fragrâncias amadeiradas dão uma ideia de força e sensualidade, impõem presença e costumam ser usadas durante a noite ou em momentos específicos, como encontros ou reuniões importantes. “É para quando o homem quer causar uma impressão mais sofisticada.”

Já os fougères são ideais para o dia a dia. Mais frescos, oferecem uma sensação de bem-estar. “Eles dão uma sensação boa, aquele frescor de quem acabou de sair do banho e se barbear”, explica César. Os odores dessa família são alavandados e têm notas cítricas, como a bergamota, que traz a acidez de uma forma mais “arredondada”, com suavidade.

César ressalta ainda que existem perfumes intermediários, que “passeiam” entre as duas vertentes e são coringas para o público masculino. “Os homens estão se abrindo cada vez mais para esse guarda-roupa olfativo, no qual você não se prende e pode trocar de perfume como troca de roupa, respeitando o seu estilo”, completa.

Que tal aproveitar o Dia dos Pais para presentear as figuras paternas da sua vida com o perfume preferido dele ou mesmo propor uma nova fragrância? Veja as opções que separamos.
 
Divulgação
 
Divulgação
 
Divulgação
 
Divulgação
Divulgação
 
 
 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.