Ex-administradora é referência no preparo de tortas alemãs em Brasília

Piquenique na quadra foi a senha para uma deliciosa receita de família se transformar em uma torteria requisitada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/10/2017 08:00 / atualizado em 13/10/2017 18:25

Martina Kist Bacher até tentou exercer a profissão de administradora de empresas. Quando desembarcou em Brasília, vinda do Sul do Brasil, chegou a gerenciar uma clínica odontológica, mas uma gestação que exigia cuidados a obrigou a se afastar do emprego. Com o nascimento de Bernardo, ela decidiu dedicar-se integralmente à maternidade, mas foi graças ao filho que acabou descobrindo um novo ofício.

Em um piquenique promovido pelo grupo de mães da quadra onde morava, decidiu levar um bolo que tinha aprendido com as matriarcas da família, na pequena cidade de Panambi, no interior do Rio Grande Sul, onde nasceu. A tradicional torta alemã, receita que passa de geração em geração, conquistou as mamães e as crianças.
Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press

No mesmo dia, começaram a surgir as encomendas. “Todos diziam que nunca tinham comido uma torta alemã tão boa aqui em Brasília.” Naquele momento, Martina viu uma oportunidade. Não só aceitou todos os pedidos como foi além: improvisou um folder com o serviço das suas tortas e foi panfletar pela vizinhança.

A essa altura, a gaúcha começou a fazer experimentos e a preparar outros tipos de cobertura, sempre usando como base a torta alemã, sua marca registrada. Assim surgiram a de doce de leite, a de brigadeiro, a de leite ninho com nutela, a de abacaxi... chegando a mais de 20 opções. “Em pouco tempo, meu apartamento estava lotado. Já estava com três geladeiras e não tinha mais onde estocar ingredientes”, lembra.

O piquenique transformador ocorreu em outubro de 2014 e, no Natal daquele ano, a confeiteira preparou mais de 60 tortas. “Não dispensei nenhuma encomenda. E preparava tudo em uma batedeira manual”, recorda-se. No ano seguinte, a doceira alugou uma quitinete só para funcionar como cozinha e despensa. A Württemberg Tortas, nome inspirado na cidade alemã de onde vieram os descendentes de Martina para fundar a colônia de Neu Württemberg, atual Panambi, tornou-se um sucesso.


Toque pessoal

Martina lembra que ela mesma criou a logomarca da empresa — uma flor — e que, no início, a decoração das tortas não chegava a ser exatamente tão atrativa. “Eu tentava fazer uns desenhos na cobertura, mas nem sempre conseguia. O resultado era meio tosco”, diverte-se. Mas o sabor compensava qualquer falha estética da gaúcha. E, justiça seja feita, do início para hoje, três anos depois, a parte decorativa evoluiu exponencialmente. Agora, além de saborosas, as tortas de Martina são bonitas.

Este ano, Martina fechou a kit/cozinha e abriu uma loja no Sudoeste, onde recebe e executa as encomendas, agora, com a ajuda de uma funcionária. “Mas sou eu quem prepara todas as coberturas”, faz questão de avisar. “Sou perfeccionista e é o meu nome que está naquela torta. Prefiro até crescer menos a entregar um produto de baixa qualidade.”

A seu favor, Martina conta com a propaganda boca a boca e as redes sociais. Assim, conseguiu montar uma clientela fiel. “Muitas delas se tornaram amigas e confidentes”, conta. Agora, a doceira anda a todo vapor com as criações para o Natal. Para este ano, aposta em uma com cobertura de uvas, receita típica da família.

Aproveitando o embalo do mês das crianças, Martina compartilha com os leitores da coluna uma torta alemã com cobertura de brigadeiro. Simples de fazer, ela segue a principal característica das criações da confeiteira: a massa não vai ao forno. Para deixá-la ainda mais apetitosa para a garotada, a gaúcha sugere decorar com Kit Kat e MM’s. Uma homenagem ao filho, Bernardo, e a toda a criançada. Para se lambuzar!


Torta alemã com cobertura de brigadeiro

Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press
Ingredientes
Para a massa
200g de manteiga
1 xícara de chá de açúcar
1 lata de creme de leite
1 pacote de biscoito tipo maisena
Leite

Para a cobertura
200g de leite condensado
2 colheres de chocolate em pó
½ colher de manteiga

Modo de fazer
- Com uma batedeira, bata firme o açúcar e a manteiga até obter um creme fofo e liso.
- Acrescente o creme de leite e bata rapidamente só para misturar. Reserve.
- Separe uma forma de base removível — se não tiver, pode usar uma tigela, tipo pirex — para a montagem do bolo.
- Molhe os biscoitos no leite e vá montando o bolo, intercalando as camadas: creme e biscoito molhado.
- Para a cobertura, misture todos os ingredientes e leve ao fogo. Mexa até dar o ponto de brigadeiro. Espere esfriar e coloque a cobertura sobre a massa.
- Decore com MM’s sobre a cobertura e Kit Kat ao redor do bolo.

Serviço

Württemberg Tortas
CCSW 2, Lote 4, Loja 8
WhatsApp para encomenda: 
99505-5208

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.