Beleza

Mercado está mais inclusivo para produtos de maquiagem para pele negra

Mulheres negras ainda têm dificuldade em encontrar produtos que combinem com a sua pele. Veja alguns truques valiosos na hora de preparar o make

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/11/2017 07:00 / atualizado em 24/11/2017 14:47

No mês da Consciência Negra, em que muitos temas relacionados à visibilidade, ao respeito e ao combate ao racismo são amplamente abordados, que tal aprender um pouco mais sobre o make na pele negra? O mercado tem se tornado mais inclusivo. No entanto, muitas mulheres ainda encontram dificuldades na hora de comprar certos produtos.
Divulgação

A maquiadora e blogueira Sandra Porto é uma expert em maquiagem e afirma que ainda é difícil encontrar produtos específicos. Segundo ela, bases e corretivos são os grandes obstáculos e, por mais que existam marcas que invistam em um amplo leque de cores de pele, a iniciativa ainda é minoria. “Infelizmente, as marcas não acordaram ainda para esse público, que está esquecido. Há um lindo trabalho feito por algumas empresas, mas são exceções. Ainda temos um longo caminho a percorrer.”

Para a maquiadora, a beleza e o make não podem ser enxergados como futilidade, mas sim como um processo importante de autoaceitação, que costuma ser mais difícil para mulheres negras, já que elas crescem observando um padrão diferente de beleza na mídia. “Necessitamos de produtos específicos, pois nosso cabelo, nossa pele são diferentes, e isso é autoestima, é querer bem ao nosso corpo”, completa.
Divulgação

Dicas valiosas

  • A pele negra costuma ser mais oleosa e está mais sujeita ao aparecimento de manchas. Portanto, antes de qualquer make, é importante investir em protetor solar, que é também um aliado na redução do excesso de oleosidade.
  • Na hora de escolher uma cor de base, aplique uma camada do produto entre e a orelha e o canto da boca. Não faça o teste no pescoço, colo ou braço, pois a pele tem diferentes tons.
  • A base precisa “sumir” no rosto. Nas peles negras, é comum encontrar mais de um tom de cor no rosto e, nesse caso, o ideal é optar por mais de uma base. Caso não encontre uma cor que se encaixe, misture tons.
  • O corretivo ideal para pele negra é o com fundo quente em tons de bege escuro ou laranja.
  • Escolha um blush que tem efeito mais natural. Quanto mais marrom for o tom de pele, mais escuro deve ser o blush. Os alaranjados, marrons e bronze são ideais.
  • A maioria das bases tem um componente chamado titânio e ele pode deixar a pele esbranquiçada ou acinzentada. Procure bases que não tenham o ingrediente. Caso não encontre, prefira as de fundo amarelado.
  • Para valorizar o contorno dos lábios, mulheres com tons de pele mais amarelado podem investir em cores vermelha, vinho e rosa. Já as com a pele mais rosada podem abusar dos marrons, dourados e alaranjados.
Fontes: a blogueira Sandra Porto e o maquiador oficial da Natura, Marcos Costa
Eudora /Divulgacao

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.