LG lança linha de tevê OLED, com nova tecnologia que melhora a imagem

A Organic LED utiliza tecnologia orgânica, onde cada pixel emite luz própria e se apaga completamente em cenas escuras

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/07/2015 18:43 / atualizado em 16/07/2015 19:24

Geison Guedes /

 

LG/Reprodução
 

Em constante evolução, segmento de tevês ganha mais uma inovação tecnológica. A LG lançou nesta quarta-feira (15/7), em São Paulo, a linha Organic LED, em versões de 55 e 65 polegadas. O grande diferencial da nova geração é a utilização da tecnologia orgânica, onde cada pixel emite luz própria e se apaga completamente em cenas escuras - alcançando o chamado preto puro - com contraste e cores melhores do que as de tevês de LED comuns.

Com opção em Ultra HD 4K e Full HD, as novas OLED da sul coreana medem apenas 5,9mm de espessura. Outra novidade da linha é a possibilidade de pendurar as tevês na parede, mesmo elas sendo curvas. A LG analisou, com pesquisas de mercado, que o design é um atributo muito requisitado pelos consumidores e arquitetos. "Por isso, a marca trouxe a possibilidade de pendurar as TVs OLED na parede, realçando ainda mais seu design minimalista e ultrafino", conta o gerente de produto de TV da LG Brasil, Renato Almeida.

 

LG/Reprodução
 

Todos os novos televisores OLED da LG virão com o sistema webOS - plataforma operacional para Smart TVs da marca - que diminui o tempo de inicialização. Os modelos 55EC9300 (com preço sugerido de R$ 9.999) e 55EG9600, versão 4K por R$ 15.999, já estão disponíveis no mercado. A OLED 65 polegadas (65EG9600) está prevista para chegar ao mercado no último trimestre do ano e ainda não teve o preço definido.

 

Até o dia 2 de agosto, quem adquirir qualquer um dos modelos ganhará um bracelete da joalheria Pandora. Outro benefício oferecido pela LG aos clientes é a instalação gratuita das tevês.


Pesquisa
O professor e engenheiro da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) Marcelo Zuffo comparou, por 60 dias, a nova tecnologia apresentada pela LG a duas outras: LED com nano tecnologia e LED convencional. A pesquisa mostra a superioridade da tecnologia orgânica em sete parâmetros analisados, dentre eles gama e fidelidade de cor, contraste e reflexão à luz ambiente.

 

LG/Reprodução
 

A pesquisa revela que não basta enriquecer as cores do painel; é preciso separá-las para garantir a fidelidade. "Entre outros aspectos, esse é um ponto importante que demonstra porque as imagens da OLED são mais naturais e melhores ao olho humano", completa Marcelo Zuffo.

 

Confira o vídeo de apresentação da tecnologia OLED:

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.