Chega ao Brasil o app Slow Food Planet, para você encontrar onde comer

Em Brasília, já existem 100 estabelecimentos cadastrados no aplicativo. O movimento nasceu como uma forma de protesto ao fast-food e ao estilo de vida rápido

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/07/2015 18:10 / atualizado em 24/07/2015 18:13

Laisa Queiroz /

 

Você é daqueles que aprecia boa comida em um bom restaurante, com tempo para dedicar às refeições? O app Slow Food Planet dá dicas de estabelecimentos que seguem a filosofia do alimento "bom, limpo e justo" em 22 países do mundo. Nesta semana, chegou ao Brasil, com 847 indicações em 11 regiões, inclusive a de Brasília.

 

O acesso inicial é gratuito, para um território de sua escolha. A cada nova cidade ou área que você quiser adicionar, o custo é de US$ 1,99. A verba arrecadada com o aplicativo será destinada ao movimento e o app tem como um dos objetivos conseguir patrocinadores e novos apoiadores para a organização.

 

No Brasil, ele abrange São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Brasília, Goiânia e região, Belém e arredores, Manaus, norte catarinense, Florianópolis e Porto Alegre. Na capital do país, já existem 100 estabelecimentos cadastrados.

 

O Slow Food Planet tem três funções de busca. A primeira é Tempo para Comer, que reúne cafés, bares, restaurantes e padarias. A segunda é Tempo para mim, em que você pode selecionar a comida e a bebida que mais combinam com seu estado de espírito. Por último, Tempo para Comprar apresenta lojas de produtos típicos e locais onde você pode adquirir diretamento do produtor, segundo a categoria desejada (queijos, vinhos etc).

 

Cada estabelecimento tem uma ficha com informações: fotos, endereço, telefone, custo médio, link para o website, horário de funcionamento, uma breve descrição do local e, por fim, o mapa. Além disso, é possível visualizar os lugares de acordo com a faixa de preço, o dia da semana, o momento do dia, e outras especificações, como menu para celíacos, boa quantidade de opções vegetarianas, mesas ao ar livre e ingredientes regionais.

 

Para decifrar termos gastronômicos menos comuns ou pratos típicos de uma região, o aplicativo inclui um dicionário. Outra vantagem é que as opções salvas nos favoritos podem ser consultadas off-line.

 

O movimento

 

Fundado por Carlo Pitriani na Itália, em 1986, o Slow Food é um movimento que nasceu como forma de protesto ao fast-food e ao estilo de vida rápido, em que tudo é padronizado. Assim, defende o alimento saboroso, de qualidade, que não agride o meio ambiente, e justo, em relação às condições de trabalho e remuneração dos produtores. Presente em 150 países, defende a biodiversidade alimentar, a educação do gosto e a aproximação de agricultores e consumidores em eventos e projetos.

 

Na noite da última quinta-feira (23/7), Pitriani veio à Brasília para lançar o produto. Ele contou que o aplicativo existe desde janeiro e que o movimento pretende alcançar 10 mil destinos. "Trata-se de um guia participativo, então, está sempre em construção e depende da participação dos usuários, que podem dar dicas e informarse um estabelecimento fechou, por exemplo", comentou. "É uma ação democrática e colaborativa."

 

O Slow Food Planet pode ser baixado tanto para Android quanto para iOS.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.