HP lança nova linha de PCs para públicos jovem e corporativo

Companhia aposta no lançamento do Windows 10 conjugado a máquinas finas, leves e com design atraente para tentar reverter crise no setor

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/09/2015 17:59 / atualizado em 30/09/2015 12:21

Ivan Iunes

Ivan Iunes/CB/D.A Press
 

México - Com foco nos públicos jovem e corporativo, a divisão de PCs e impressoras da HP lançou nesta segunda-feira (29/9), o novo conjunto de desktops e notebooks da linha Elite. A geração de produtos será a primeira a entrar no mercado depois da separação da empresa, que deve ser formalmente consolidada em 33 dias. Durante evento na Cidade do México, a companhia apresentou soluções que tentam conjugar a utilização dos computadores em ambientes profissionais, com foco em videoconferências, e o uso pessoal, com design ousado e tendo como desafio a oferta de produtos atraentes e modernos.

A aposta da HP é na substituição de PCs obsoletos. A estimativa é de que existam 589 milhões de computadores com idade superior a quatro anos em todo mundo. Com faturamento anual de cerca de US$ 60 bilhoes, a divisão de PCs e impressoras tenta reverter a queda nas vendas de computadores. No Brasil, somente no segundo trimestre de 2015, as vendas recuaram 38%, segundo a empresa de consultoria IDC.

"Temos mais de meio bilhão de PCs que precisam ser trocados e o Windows 10 pode influenciar nisso. Temos computadores pesados, lentos, com baterias que não duram e não atendem à nova realidade. E apostamos em um device atraente, que atenda ao usuário corporativo e ao residencial, trazendo todas as especificações de segurança necessárias e também de desempenho" explicou Ron Coughlin, vice-presidente e gerente-geral de Personal Systems da HP.

Amparada por uma estatística que aponta em 62% a quantidade de pessoas que trabalham em mais de um ambiente profissional, sendo que mais da metade exerce o ofício em mais de três locais, a HP apostou as fichas em notebooks de fácil trânsito. O carro-chefe da nova linha deve ser o EliteBook 705 G3 Series, o mais fino e leve do mundo, segundo a HP, com 18.9mm de espessura e 1,25kg de peso.

Equipado com o processador AMD PRO A12 APU e disponível em telas de 12.5, 14 e 15.6 polegadas, a máquina traz conexão VGA e RJ-45, para rede, com o intuito de possibilitar o uso corporativo sem perda de desempenho. Pelo mesmo motivo, é equipado com bateria que suporta mais de mil ciclos de carregamento — duas a três vezes mais do que um notebook comum. O preço de partida, nos Estados Unidos, será de US$ 749.

 

Sem fios

 

Para o ambiente corporativo, outra aposta da HP para alavancar a venda de desktops é a oferta de funcionalidades como o carregador de bateria de Smartphones, sem fio — o nome da tecnologia é Tri-Mode Wireless Phone Charging. Na prática, o usuário do desktop poderá recarregar o telefone colocando-o sobre a base do computador. A funcionalidade está disponível nos PCs HP EliteOne 705 and 800 G2 AiOs. Do tipo All-in One, as máquinas não necessitam de fios ou cabos para conexão com assessórios. Na nova geração, elas foram remodeladas de forma a serem mais finas do que as antecessoras. Os preços partem de US$ 849, no caso do 705; e US$ 1.199, no do 800.

"Nós respondemos entregando produtos finos, leves e com design elegante, uma maior colaboração e integração, e segurança moderna para o ambiente corporativo, de modo que cada funcionário possa experimentar os dispositivos atraentes, produtivos e com segurança", disse o vice-presidente e gerente-geral da HP Commercial PCs, Alex Cho.

Outra inovação apresentada pela empresa foi o desenvolvimento de melhorias para as videoconferências. O HP Collaboration PC G2 traz integração com o plugin Intel Unite Skype for Business, que permite a reunião de até quatro pessoas na tela, simultaneamente. Ainda, tem um remodelado hardware de áudio e de microfone para retirar o excesso de som ambiente e equalizar melhor a voz de quem fala.

A tecnologia é pautada sobre números que estimam em 700 horas o total gasto por executivos em videoconferência durante um ano, cerca de 40% do tempo total de trabalho. O preço da máquina é de US$ 729, nos EUA. Também para o ambiente profissional, a HP desenvolveu o menor desktop voltado para negócios do mundo, o HP EliteDesk 800 G2 Desktop Mini, com preço de partida de US$ 499.

 

O repórter viajou a convite da HP

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.