Criador do perfil Dilma Bolada "rompe" com a presidente e retira apoio

O publicitário afirmou, em perfil pessoal, que não acredita mais no governo de Dilma Rousseff

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/09/2015 16:54 / atualizado em 30/09/2015 17:19

Foto original: Roberto Stuckert Filho/PR


Os fãs do perfil de humor Dilma Bolada se assustaram quando o criador da personagem anunciou, no início da tarde desta quarta-feira (30/9), que não apoia mais a presidente Dilma Rousseff. Jeferson Monteiro disse, em perfis pessoais, que a presidente não precisa do seu apoio nem dos eleitores: “Para ela só importa o apoio do PMDB e de parte do empresariado para que ela se mantenha lá onde está”. Para o publicitário, não há mais ideologia ou progressismo no governo da petista.

Dilma no precisa do meu apoio no Governo dela, nem o meu e nem do apoio de ningum que votou nela. Afinal, para ela s...

Posted by Jeferson Monteiro on Quarta, 30 de setembro de 2015


A página vai continuar no ar, garantiu Monteiro. Segundo ele, a Dilma Bolada não acabou, mas “a Rousseff e seu Governo sim”. No Twitter, o criador da página ainda negou que tenha recebido dinheiro para gerenciar os perfis nas redes sociais. Monteiro admitiu, no Twitter, que tem um contrato até o final de 2016, mas não revelou com quem. Ele ainda ressaltou que o acordo não tem relação com a Dilma Bolada. Monteiro já foi ligado, entretanto, à agência de publicidade contratada pelo PT, a Pepper. No mês passado, a empresa indicou que não vai renovar contrato com o partido.

Até o perfil da Dilma Bolada, criada em 2010, mostra os sinais da desavença entre o criador e a "musa inspiradora".





Dilma Bolada também deu a entender que o perfil pode ser administrado por outra pessoa no futuro.

 

A assessoria da Presidência afirmou não ter comentários sobre o assunto.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Francisco
Francisco - 01 de Outubro às 15:26
Acabou a verba, o mingau, a bufunfa, secou a fonte... não passa de um verme!
 
HERMES
HERMES - 01 de Outubro às 11:09
Demorou!!!
 
marcelo
marcelo - 01 de Outubro às 00:49
uai será que ela cortou o bolsa blog??
 
claudio
claudio - 30 de Setembro às 22:20
Nunca é tarde