Violação de dados no Uber expõe documentos de quase mil motoristas dos EUA

Cerca de 670 motoristas foram prejudicados com o vazamento de informações

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/10/2015 22:00 / atualizado em 14/10/2015 19:01

Daniel Ferreira/CB/D.A Press
 

O Uber lançou ontem (13/10) um aplicativo para facilitar a vida dos motoristas cadastrados na plataforma, com o objetivo de tornar mais simples a visualização e a edição de dados pessoais. A intenção era melhorar a qualidade dos serviços internos, mas a nova funcionalidade não trabalhou de acordo com o esperado. Os documentos de centenas de motoristas ficaram visíveis e disponíveis para download. O Uber informou a correção da falha pouco tempo depois de receber um alerta e disse, ainda, que 674 motoristas dos EUA foram afetados pelo vazamento das informações.

 

A falha foi percebida por motoristas que acessaram seus perfis na plataforma ontem para alterar ou visualizar dados pessoais. Ao invés de continuarem na página de edição, eles foram parar numa tela que continha documentos de estranhos (centenas de motoristas do Uber nos Estados Unidos). 

 

Em fevereiro deste ano, foi registrado outro vazamento de informações por parte da empresa. Na ocasião, o Uber informou que mais de 50 mil nomes de motoristas e números de licenças foram divulgados ilegalmente.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.